A beleza e o cotidiano de Salvador são destaques em duas exposições fotográficas

Com mais de 470 anos de história, Salvador rende belas imagens. Sua arquitetura, os costumes do povo e, principalmente, sua luz pure, a capital baiana é um presente para qualquer fotógrafo. E nesta sexta-feira (19) vamos conhecer duas obras que comprovam isso: serão inauguradas duas exposições que reúnem fotos da cidade, além de um livro relacionado a uma das exposições.

Na Galeria da Cidade, no Teatro Gregório de Mattos, acontece a exposição Salvador na Linha, com 27 imagens da fotógrafa Marisa Vianna. As fotos, no entanto, são impressas em tecido e, em seguida, recebem intervenções em bordados, que muitas vezes são usados ​​para delinear objetos como janelas e portas, ou até mesmo para inserir flores nas fotos.

Foto de Marisa Vianna, da exposição Salvador na Linha

Marisa conta que a iniciativa de unir bordado com fotografia surgiu durante a pandemia, quando a nostalgia a levou a focar na cidade a partir de suas fotografias e destacar seus detalhes por meio do bordado. “Uma dor chamada saudade tomou conta de mim, saudade de ver, tocar, sentir, e então precisávamos encontrar um caminho juntos”.

Como se o bordado fosse uma lupa, o efeito da técnica desenvolvida por Marisa é destacar elementos presentes nas fotografias e fazer com que as pessoas vejam o que possivelmente não veriam no dia a dia ou não veriam ao apreciar um registro fotográfico tradicional. “Meu foco é destacar os dois aspectos, como a ladeira iluminada, as cordas dos saveiros, as tonalidades dos telhados, as sinuosidades dos becos e vielas, a infinidade de flores e cores, e assim fazer com que cada pessoa possa se conectar apenas com a imagem e seguir em sua jornada afetiva”, comenta a fotógrafa.

Foto de Sara Nacif, em On a regular basis to Hold – Bahia

A outra exposição, Cotidianos Para Guardar – Bahia, é realizada pelo Salvador Foto Clube, que completa 18 anos. A mostra no Palacete das Artes apresenta trabalhos de 51 fotógrafos e estará aberta à visitação a partir de sábado. Na sexta-feira (19), o lançamento é para convidados. O livro de mesmo nome, que deu origem à exposição, também será lançado. A versão digital estará disponível no website www.salvadorfotoclube.com.br, a partir de sexta-feira.

“Nossa intenção é olhar a Bahia para superar a imagem meramente turística, chata e obediente ao programa inscrito no dispositivo fotográfico e na cabeça das pessoas”, comenta Fábio Gatti, artista visible, professor e curador do projeto. Adrielly Martins, Gabriel Pinheiro, Gabriela Matoso, Luciana Brito e Luiz Augusto Magina estão entre os fotógrafos participantes da exposição e do livro.

Salvador na linha
Native: Galeria da Cidade – Teatro Gregório de Mattos
Abertura: 19 de agosto (sexta-feira), às 18h.
Visitação: 20 de agosto a 04 de novembro de 2022
Quando: de quarta a domingo (13h às 18h)
Entrada gratuita

Todos os dias para guardar – Bahia
Vernissage para convidados: 19 de agosto (sexta-feira) às 19h
Visitação: 20 de agosto a 25 de setembro de 2022
Native: Palacete das Artes – Sala Mansarda
Endereço: R. da Graça, 284 – Graça, Salvador – BA
Entrada gratuita

(Ana Kruchewsky)

(Roberto Faria)

(Carlos Cruz)

Leave a Comment

A note to our visitors

This website has updated its privacy policy in compliance with changes to European Union data protection law, for all members globally. We’ve also updated our Privacy Policy to give you more information about your rights and responsibilities with respect to your privacy and personal information. Please read this to review the updates about which cookies we use and what information we collect on our site. By continuing to use this site, you are agreeing to our updated privacy policy.