Conheça os benefícios de uma dieta sem laticínios

Foto: iStock

O último relatório do Painel Intergovernamental das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (IPCC) trouxe uma série de recomendações e alertas para o combate às mudanças climáticas. Reduzir o consumo de carnes e produtos de origem animal, principalmente relacionados à agricultura, é uma das formas de diminuir o impacto ambiental causado por nossa alimentação.

Mas, além dos benefícios para o planeta, cortar ou reduzir o consumo de produtos de origem animal também pode ajudar nossa saúde e bem estar. benefícios para a saúde e para o planeta.

A pesquisa encontra inúmeros benefícios de uma dieta rica em alimentos vegetais, incluindo proteínas. A alimentação à base de vegetais previne doenças cardiovasculares, reduz o desmatamento causado pela pecuária, a pressão contra a exploração e morte de animais, diminui o risco de acidentes vasculares cerebrais e casos de hipertensão, além da produção de resíduos poluindo o meio ambiente e os oceanos .

comida vegana
Foto: Daniela | abrir

Nesse cenário, muitas pessoas estão experimentando a substituição do leite de vaca por leites vegetais, uma decisão que pode ter vários motivos – desde o cuidado com o meio ambiente até a intolerância à lactose. Além de reduzir ou reduzir o consumo de leite, essa restrição também se estende a laticínios, como queijos e iogurtes, e a outros alimentos que utilizam leite em seu preparo, como bolos, pães e doces.

Para evitar a deficiência de cálcio no organismo, os especialistas recomendam uma alimentação variada e saudável, priorizando folhas escuras, vegetais, frutas secas, sementes, nozes e nozes.

Outra possibilidade é incluir alternativas lácteas na dieta, como leites vegetais, iogurtes e outros alimentos que podem substituir perfeitamente as escolhas tradicionais. São muitas as opções que são vendidas em supermercados e lojas especializadas e também muitas receitas de produtos vegetais que podemos fazer em casa, como leite de aveia ou inhame, e queijos veganos, de batata ou de amêndoa, por exemplo.

Se você ainda está em dúvida sobre experimentar uma dieta com menos produtos de origem animal, separamos algumas vantagens que os leites vegetais podem trazer para a sua saúde.

leite de amêndoa
O leite de amêndoa pode ser comprado pronto em supermercados ou feito em casa. Foto: iStock

Diminui o inchaço

O inchaço do abdômen e de outras partes do corpo é um incômodo que afeta muitas mulheres e está diretamente ligado a um problema de digestão. O leite e seus derivados podem causar um processo inflamatório no organismo, devido à lactose e às proteínas do leite, também conhecidas como caseína e beta-lactoglobulina.

Esse processo inflamatório é capaz de desencadear inchaço, desconforto gástrico e excesso de gases. Ao retirar o leite do cardápio, o inchaço pode diminuir consideravelmente.

Diminui doenças respiratórias

O consumo de leite animal não causa alergia, mas pode aumentar a produção de muco, agravando problemas respiratórios já existentes, como sinusite, asma e rinite alérgica.

melhora a digestão

Enquanto a proteína do leite de vaca e a lactose dificultam a digestão, as bebidas à base de plantas são ricas em fibras, o que ajuda o intestino a funcionar e ajuda a combater a constipação.

Melhora a saúde da pele

Pesquisas indicam que a causa da pimples pode estar relacionada ao consumo de leite. A bebida pode aumentar a quantidade de açúcar no sangue e insulina, o que consequentemente causa inflamação no organismo e a produção de oleosidade na pele.

Diminui o risco de câncer

Alimentos ricos em açúcar e gorduras podem estimular o surgimento de algumas doenças, como o câncer, além de problemas coronarianos e autoimunes. O superb é priorizar uma dieta que seja no mínimo anti-inflamatória que restrinja alimentos com carga glicêmica muito alta, dando espaço para alimentos in natura.

Nota CicloVivo: Compartilhamos possibilidades alimentares que podem trazer benefícios ao planeta e à nossa saúde e bem-estar. Mas sabemos que a escolha de uma dieta envolve uma série de questões, que vão desde as condições de saúde até fatores econômicos e sociais. Os alimentos que cada um consome devem respeitar a realidade particular person e recomendamos sempre consultar um profissional de saúde.

veganos felizes
Foto: Anna Pelzer | abrir

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:

Leave a Comment

A note to our visitors

This website has updated its privacy policy in compliance with changes to European Union data protection law, for all members globally. We’ve also updated our Privacy Policy to give you more information about your rights and responsibilities with respect to your privacy and personal information. Please read this to review the updates about which cookies we use and what information we collect on our site. By continuing to use this site, you are agreeing to our updated privacy policy.