Governo realiza edição do Mais Saúde Animal no bairro Residência Turu

28/05/2022

O Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES), realizou neste sábado (28) uma edição do programa Mais Saúde Animal no Turu Housing. A ação aconteceu no Centro Educa Mais Estefânia Rosa da Silva, com o objetivo de reforçar o combate às zoonoses Leishmaniose e Raiva, além de possibilitar o rastreamento de doenças, vacinação contra a raiva e disponibilização de coleiras para prevenção do calazar.

“Dentro da Saúde Pública existe um tripé chamado Saúde Única, que engloba o homem, o meio ambiente e os animais. Nesse sentido, ao prestar assistência aos animais, estamos também reforçando os cuidados com o meio ambiente, mantendo as zoonoses sob controle e preservando a saúde da população”, disse Celma Soares, chefe do Departamento de Zoonoses e Coordenadora Geral do Mais Saúde Animal. .

Com o tema “Quem ama seu bichinho compartilha cuidados”, a ação beneficiou cães e gatos de estimação de moradores do bairro e região. Ao chegar ao native, os animais com agendamento prévio pelo web site do Procon passaram por consultas com veterinário, teste rápido para Leishmaniose Visceral Canina (Kalazar) e vacinação antirrábica. Aqueles que não puderam comparecer, mas que foram ao native, também tiveram seus animais de estimação tratados com vacinação antirrábica.

A jovem Yasmin Silva levou a pequena Pandora, que comemorava cinco meses neste sábado, para receber sua primeira vacina antirrábica. “Achei uma ação muito boa. Assim que soube que seria realizado aqui, aproveitei para trazê-lo. Além disso, também é uma probability que as pessoas tenham de cuidar de seus animais, pois não podem pagar uma consulta”, disse ela.

Nicolas Lindoso é tutor de oito cães, mas nesta edição do Mais Saúde Animal levou Chupita, de quatro meses. “Infelizmente, muitas pessoas não têm condições de arcar com uma assistência como as oferecidas aqui em uma clínica veterinária, então oferecer esses serviços gratuitamente está sendo muito bom. Sem falar que protegemos os pets de doenças”, compartilhou.

O veterinário sanitarista da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Salim Waquim, apoiou a ação e destacou a importância do combate às duas zoonoses. “Esta ação que o Governo do Estado está desenvolvendo é uma estratégia de saúde pública que visa também o bem-estar da população. Trabalhar preventivamente é a melhor forma de prevenir qualquer doença. Neste caso, estamos diante de duas zoonoses que podem ser evitadas, quebrando o ciclo, reforçando suas medidas de erradicação”, explicou.

A última ação do Mais Saúde Animal foi realizada no município de Arari, no início de maio deste ano. Na ocasião, foram registrados 425 atendimentos, sendo 130 consultas, 99 exames para Leishmaniose Visceral Canina, 123 animais vacinados e 73 animais com coleira.

Leave a Comment

A note to our visitors

This website has updated its privacy policy in compliance with changes to European Union data protection law, for all members globally. We’ve also updated our Privacy Policy to give you more information about your rights and responsibilities with respect to your privacy and personal information. Please read this to review the updates about which cookies we use and what information we collect on our site. By continuing to use this site, you are agreeing to our updated privacy policy.