Investimento em saúde e bem-estar animal é basic para produzir proteínas mais sustentáveis

Um estudo divulgado recentemente pela Well being For Animals, entidade international que representa as indústrias de saúde animal, conclui que as doenças que afetam os rebanhos bovinos são hoje as principais responsáveis ​​pelo aumento das emissões de gases de efeito estufa na atividade. De acordo com o relatório, o investimento em saúde e bem-estar animal pode reduzir essas emissões em até 30%.

Nesse contexto, os medicamentos veterinários têm hoje um papel basic na sustentabilidade da atividade, contribuindo para o desenvolvimento saudável dos animais – o que significa, na prática, desde uma menor taxa de mortalidade até uma melhor taxa de conversão alimentar do rebanho, reduzindo a engorda tempo e, consequentemente, o impacto ambiental desse processo.

“A pesquisa realizada pela HealthForAnimals mostra que as doenças podem aumentar as emissões de gases de efeito estufa em até 24% por unidade de leite produzida e até 113% por unidade de carcaça bovina”, afirma Emilio Salani, vice-presidente executivo do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (Sindan). “Investir na qualidade de vida dos animais e tratá-los para possíveis doenças é uma forma de evitar a emissão desnecessária de gases de efeito estufa”

Ainda de acordo com o estudo, a adoção de tecnologias e práticas mais eficientes, incluindo manejo adequado e alimentação balanceada, também contribuem significativamente para a redução de emissões e aumento da produtividade no campo, contribuindo inclusive para o aumento da oferta de carne. e segurança alimentar do planeta.

Leave a Comment

A note to our visitors

This website has updated its privacy policy in compliance with changes to European Union data protection law, for all members globally. We’ve also updated our Privacy Policy to give you more information about your rights and responsibilities with respect to your privacy and personal information. Please read this to review the updates about which cookies we use and what information we collect on our site. By continuing to use this site, you are agreeing to our updated privacy policy.