Na série, Richarlyson se declara bissexual abertamente – 24/06/2022

Ex-jogador de grandes clubes brasileiros e da seleção brasileira, Richarlyson decidiu falar abertamente, pela primeira vez, sobre bissexualidade. O comentarista de futebol da Globo prestou depoimento à série investigativa ‘Nos Armários dos Vestiários’, de ‘ge’, que trata do preconceito no futebol.

– Toda a minha vida me perguntaram se eu sou homosexual. Eu tive um relacionamento com um homem e tive um relacionamento com uma mulher também. Mas aí eu falo aqui hoje e emblem sairá a notícia: “Richarlyson é bissexual”. E o meme está pronto. Eles vão dizer: “Nossa, mas você jura? Eu não fazia ideia”. Cara, eu sou regular, tenho vontades e desejos. Namorei um homem, namorei uma mulher, mas e daí? O que você vai fazer? Nada. Vai pintar uma manchete sobre a qual Richarlyson falou em um podcast de que ele é bissexual. Agradável. E aí vai chover relatórios, e o mais importante, que é a agenda, não vai mudar, que é a questão da homofobia. Infelizmente, o mundo não está preparado para ter essa discussão e lidar com ela com naturalidade – disse Richarlyson.

+ 150 dias para a Copa: veja quem deve disputar a convocação da seleção e quem sonha com uma vaga

– Por causa de muitas pessoas que dizem que minha posição é importante, hoje decidi dizer: sou bissexual. Se period isso que estava faltando, okay. Preparar. Agora eu quero ver se realmente vai melhorar, porque essa é a minha pergunta. Tem uma questão mais importante, tem gente morrendo, o Brasil é o país que mais mata homossexuais. E estamos aqui falando de futebol, okay, mas futebol é um negócio pequeno. Ah, mas seu discurso pode ajudar. Não, não vai ajudar. Quem é Richarlyson, pelo amor de Deus?! Sou apenas um cidadão comum, que teve uma bela história no futebol, mas não poderei mover montanhas para acabar com esses crimes, para acabar com a homofobia no futebol – disse o ex-jogador.

+ Richarlyson, sobre ataques à vida pessoal: ‘O que enfrentei fora de campo me deu nojo’

Produzida pela Really feel The Match, a série foi lançada oficialmente nesta sexta-feira, 24, e traz depoimentos inéditos e revelações de jogadores, árbitros, ex-atletas, torcedores e outros personagens do universo da bola. A produção será apresentada pela jornalista Joanna de Assis e pelo influenciador William de Lucca.

Bruno Maia, sócio fundador da Really feel The Match, é o produtor e diretor geral do projeto. Ele ressalta a importância de produções como essas para pautas afirmativas para avançar na sociedade.

– O futebol tem um papel importante nisso e nós, que trabalhamos nele, precisamos evoluir para além da tecnologia. É o papel de todos nesta indústria. O esporte começou como algo restrito aos homens, em uma sociedade que reproduzia esses privilégios naquela época. Mas o mundo, felizmente, não é mais assim. Contar essas histórias e dar visibilidade a elas é combater a intolerância e o preconceito”, disse.

O executivo também considera que uma das principais dificuldades foi encontrar fontes com coragem para falar sobre um assunto tão delicado.

– A história da pesquisa de Joanna de Assis foi elementary para superarmos as inseguranças de quem nunca havia abordado abertamente o tema. O primeiro episódio será importante nesse sentido, pois, a partir dele, acreditamos que mais pessoas serão incentivadas a participar dos próximos, que ainda estão em produção. Admiro profundamente a coragem de todos que concordaram em contar suas histórias em nossa série”, disse ela.

Leave a Comment

A note to our visitors

This website has updated its privacy policy in compliance with changes to European Union data protection law, for all members globally. We’ve also updated our Privacy Policy to give you more information about your rights and responsibilities with respect to your privacy and personal information. Please read this to review the updates about which cookies we use and what information we collect on our site. By continuing to use this site, you are agreeing to our updated privacy policy.