Tutor de animais é preso por maus-tratos após ação de fiscalização conjunta

Tutor de animais é preso por maus-tratos após ação de fiscalização conjunta

Divulgação GCA/PMPA

Os cães foram encaminhados para atendimento veterinário e abrigo no abrigo municipal.

As ações de combate aos maus tratos aos animais aconteceram nesta quinta-feira, 23, no bairro Aparício Borges, Zona Leste da Capital, a partir de denúncias feitas pelo telefone 156 da prefeitura. Escritório, dois cães foram recolhidos. O peso deles estava abaixo do best, a presença de moscas por todo o corpo, estavam em native sujo e com muitos entulhos. Eles foram encaminhados à Unidade de Saúde Animal de Vitória para atendimento veterinário e acolhimento no abrigo municipal.

A prefeitura emitiu um auto de infração, e o tutor foi preso em flagrante. O caso está sendo investigado pela 15ª Delegacia da Capital, e o responsável pode ser punido na forma da lei. A pena varia de dois a cinco anos de reclusão.

A ação conjunta envolveu a Prefeitura de Porto Alegre, por meio do Gabinete de Causa Animal (GCA) e a Secretaria Municipal de Segurança, e a Polícia Civil do Rio Grande do Sul, por meio da 15ª Delegacia de Polícia. A secretária da Causa Animal, Catiane Mainardi, destaca o empenho da equipe do GCA em buscar a conscientização dos tutores sobre a guarda responsável e o bem-estar dos animais na Capital.

Leave a Comment

A note to our visitors

This website has updated its privacy policy in compliance with changes to European Union data protection law, for all members globally. We’ve also updated our Privacy Policy to give you more information about your rights and responsibilities with respect to your privacy and personal information. Please read this to review the updates about which cookies we use and what information we collect on our site. By continuing to use this site, you are agreeing to our updated privacy policy.