VÍDEO: Idosa morta por elefante seria caçadora e motivo da ‘vingança’ do animal é revelado

O caso da mulher de 70 anos que foi morta por um elefante na Índia e depois teve seu funeral invadido tem um novo desenvolvimento. De acordo com informações coletadas pela mídia indiana, a mulher morta se chamava Maya Murmu. Ela agia como caçadora e tinha ido buscar água quando acabou sendo pisoteada pelo animal.

Bebê elefante teria sido morto por idosa – Foto: Reprodução/Independente

De acordo com a polícia native, a mulher foi levada para o hospital e não resistiu aos ferimentos. Dias depois, durante o funeral de Maya, o elefante voltou com uma manada de 10 animais e pisou no caixão de Murmu. Os elefantes, na sequência, teriam seguido até a aldeia da mulher e destruído as casas do native.

O motivo da “vingança” do elefante, segundo a Odisga TV, seria porque a mulher matou um filhote do animal. Imagens mostram como ficou o native do funeral após o ataque:

A província de Odisha é conhecida por conflitos entre elefantes e humanos. 46 elefantes foram mortos na região nos últimos sete meses, de acordo com o Indo-Asian Information Service, a principal agência de notícias da Índia.

Leave a Comment

A note to our visitors

This website has updated its privacy policy in compliance with changes to European Union data protection law, for all members globally. We’ve also updated our Privacy Policy to give you more information about your rights and responsibilities with respect to your privacy and personal information. Please read this to review the updates about which cookies we use and what information we collect on our site. By continuing to use this site, you are agreeing to our updated privacy policy.